secretaria municipal de cultura e turismo

Conheça Ouro Preto, onde todo dia é histórico



Andar na cidade da região central de Minas Gerais é mergulhar na história do Brasil

Notícia publicada em 23/02/2024
por Patrick Silva


Imagem: Patrick de Araújo

 

Texto: Patrick de Araújo e Greiza Tavares

 

Ouro Preto, localizada na Região Central de Minas Gerais, a 90 km de Belo Horizonte, conta com o maior conjunto de arquitetura barroca do Brasil, e andar na cidade é mergulhar na história das Minas Gerais e na formação do Brasil. Ouro Preto é destino certo durante todo o ano. Museus, igrejas, arte, cultura, gastronomia e eventos são algumas das atrações que o turista pode encontrar na cidade ao longo do ano.

 

Ao caminhar pelas ladeiras históricas, o visitante pode conhecer os monumentos que compõem o rico conjunto arquitetônico ouro-pretano. O Museu da Inconfidência, localizado na Praça Tiradentes, o maior cartão postal da cidade, possui um acervo que remonta à Inconfidência Mineira. O Museu Casa dos Contos, na Rua São José, é a antiga Casa da Moeda no período colonial, e o Museu Casa Guignard, que faz homenagem à vida e obra do artista plástico Alberto da Veiga Guignard também é uma boa opção de imersão cultural. Alguns museus possuem entrada gratuita, outros cobram um valor simbólico e a contribuição ajuda na manutenção dos prédios e acervos.

 

O visitante interessado em arte sacra pode conhecer o Museu Boulieu, que abriga a coleção formada pelo casal Maria Helena e Jacques Boulieu, um rico acervo que demonstra a variação do barroco pelo mundo.  O Boulieu funciona como espaço cultural abrigando exposições de artistas e eventos como o programa Sílabas e Sons e o festival Os Sons do Brasil, recebendo grandes nomes da música e da cultura brasileira.

 

Apesar de não ser um museu, a Casa de Gonzaga, também no centro histórico, fica aberta para visitação. O casarão foi residência de Tomás Antônio Gonzaga, poeta, jurista e um importante nome da Inconfidência Mineira.

 

Durante sua estadia na cidade, o visitante pode desfrutar do circuito gastronômico do centro histórico. São bares, restaurantes e cafés que apresentam o melhor da hospitalidade mineira, sua gastronomia. Existem opções da tradicional comida mineira, de cozinha contemporânea e italiana, e os melhores sabores estão em Ouro Preto.

 

Atrativos naturais

 

Ouro Preto também possui vários atrativos naturais. O Parque Natural Municipal das Andorinhas é uma unidade de conservação próxima ao Centro Histórico, rica em formações rochosas e abriga um conjunto de cachoeiras na nascente do Rio das Velhas. Já no centro histórico, o Parque Horto dos Contos representa um importante capítulo para a história de Ouro Preto, é o segundo Jardim Botânico do Brasil, criado em 1799. Ambos possuem entrada gratuita.

 

Vilas e localidades

 

Ouro Preto também possui doze distritos e alguns subdistritos com opções de pousadas, hotéis, restaurantes, além de cachoeiras e trilhas. Essas localidades são a cara do interior de Minas Gerais. A mais famosa delas é Lavras Novas, localizada a cerca de 19 km da sede Ouro Preto, e é conhecida por sua vila charmosa. Tem ótimas opções de pousadas. Além disso, os distritos Chapada, Glaura, Santo Antônio do Leite e São Bartolomeu oferecem a tranquilidade típica do interior e belezas naturais de tirar o fôlego.

 

Turismo cultural

 

Além do vasto e rico patrimônio histórico, cultural e natural, Ouro Preto possui ainda um rico calendário cultural. Durante todo o ano, o visitante pode conhecer as festas e manifestações culturais ouro-pretanas. No Portal do Turismo de Ouro Preto é possível acessar e baixar o calendário anual de eventos, além de informações sobre a história da cidade e seus atrativos, além de valores e horários de visitação dos museus e igrejas: https://ouropreto.mg.gov.br/turismo/

Conheça Ouro Preto, a cidade Patrimônio Mundial da Humanidade, onde todo dia é histórico.