As práticas da Educação de Jovens e Adultos e sua relevância para a leitura de mundo como ponto de partida

Notícia publicada em 03/08/2022
por Nathália Silva


Projeto da Vida - Educação Financeira - EJA
Imagem: Divulgação: Secretaria Municipal de Educação

Texto: Clara Costa

Atendendo à resolução 4.234 de 2019, referente às matrizes curriculares das Escolas Estaduais que disponibilizam a Educação de Jovens e Adultos (EJA), a Secretaria Municipal de Educação implantou uma nova matriz curricular na EJA do Município, tendo o Projeto de Vida no campo da Diversidade, Inclusão e Formação para cidadania. Os alunos receberam certificados de aproveitamento do curso no final do semestre.

Em Ouro Preto, a EJA é ofertada na Escola Municipal Monsenhor João Castilho Barbosa e na Escola Municipal Professora Haydée Antunes, em Cachoeira do Campo. São mais de 200 alunos buscando terminar o Ensino Fundamental, divididos em dois públicos: o primeiro, formado por pessoas que não tiveram a oportunidade de frequentar a escola no tempo certo, e o segundo, formado por adolescentes que, de alguma forma, não se enquadraram nos moldes do ensino regular.

Esse público é majoritariamente formado por trabalhadores que são consumidores ativos de produtos e serviços. Por isso, os professores elegeram a Educação Financeira como tema transversal do Projeto de Vida, já que tal tema oferece aos alunos conhecimentos e instrumentos que os auxiliam na administração de seus recursos e na tomada de decisões futuras. A Educação Financeira também capacita os alunos a adquirirem uma visão crítica sobre os produtos de consumo disponibilizados pelo mercado financeiro, com os quais eles se deparam diariamente, e isso os auxilia a fazer escolhas alinhadas ao seu Projeto de Vida.

“Muitas pessoas não sabem lidar com o dinheiro, então eu acho a Educação Financeira muito importante para pensar antes de gastar. Todas as escolas deveriam falar sobre isso, dar esse conhecimento”, afirma Letícia Oliveira Martins, de 21 anos. Com dois filhos pequenos e trabalhando em tempo integral, ela ainda ressalta que, “a EJA é muito importante para mim, e para todos os alunos. É difícil estudar com filhos, então é uma oportunidade de recuperar o tempo perdido”.

A Educação de Jovens e Adultos é uma importante política pública de inclusão social, e seu objetivo é contribuir com uma educação de qualidade para todos que não tiveram a oportunidade de estudar em tempo regular. Seja para que tenham melhores oportunidades tanto na vida pessoal quanto na carreira profissional, por meio do desenvolvimento de sua autonomia, da reflexão crítica e da participação ativa nas decisões políticas do seu contexto social.

Alerta Meteorológico

Estado de observação
  
 
 
 
saiba mais

Receba notícias da Prefeitura

×