Ouro Preto: Cidade Inteligente, Iluminada e cada vez mais conectada

Notícia publicada em 23/07/2020
por Wellington Silva

Ouvir conteúdo

Imagem: Ane Souz

A cidade de Ouro Preto é uma das primeiras cidades históricas a aderir ao projeto de Cidade Inteligente, com a homologação na última sexta-feira da Parceria Público-Privada (PPP) de operação, modernização, expansão e manutenção da iluminação pública e da infraestrutura de telecomunicação do município.

O projeto prevê a modernização de todo o sistema de iluminação da cidade, com a substituição das lâmpadas de vapor de sódio pelas de LED, que têm maior poder de luminosidade, durabilidade e menor consumo.  Está prevista também a expansão da rede para locais onde não há iluminação pública e melhorias para aqueles locais onde a iluminação é precária, tanto na sede quantos nos distritos.

No centro histórico, a substituição por lâmpadas de LED seguirá um projeto rigoroso com aprovação do IPHAN, respeitando sempre o tom de cor (temperatura) da iluminação para manter a ambientação característica da cidade histórica. Para o superintendente de eletrificação, Nilson Efigênio Gomes, essa parceria é um marco para a cidade de Ouro Preto. “É um marco histórico. Um serviço moderno e eficiente, pois o modelo atual é arcaico e precário. O novo sistema trará um ganho enorme para a população, com uma melhoria acentuada da iluminação pública, com muito mais eficiência e gerando uma grande economia”.

O projeto contará ainda com a iluminação cênica de vários monumentos da cidade, com utilização de refletores do tipo Micro Led RGB. Este tipo de tecnologia permitirá que os principais monumentos recebam uma projeção de iluminação especial com qualquer padrão de cor escolhida, o que valorizará ainda mais o patrimônio da cidade.

Investimentos a longo prazo

Ouro Preto já vem desenvolvendo diversas ações neste sentido desde 2017, mas agora passa para outro patamar em relação a modernização e reforça o comprometimento na consolidação de todas estas ações através de um modelo inédito de gestão na cidade. Isso garantirá, por 25 anos, que não haja retrocessos e sucateamento desta infraestrutura ao longo do tempo.

Indicadores de Cidades Inteligentes

A cada ano, os indicadores que são utilizados para aferir o ranking nacional de Cidades Inteligentes são alterados e aperfeiçoados para que esta análise corresponda exatamente ao cenário real de cada município. Por conta destas mudanças, é cada vez mais difícil se destacar nesta temática e as cidades precisam fazer um bom planejamento pensando sempre a longo prazo, com investimentos constantes na qualidade de vida da população, modernização dos serviços públicos, utilização de tecnologias em diversas áreas como segurança pública, saúde, educação, entre outras. “Através deste projeto, Ouro Preto dá mais um importante passo para se consolidar dentro do conceito de “Cidade Inteligente”, que vai muito além do que pensar apenas em tecnologia propriamente. São dezenas de indicadores e eixos de atuação que devem ser trabalhados a curto, médio e longo prazo, e vemos que essas ações demonstram que a Prefeitura está fazendo o seu dever de casa, com muita seriedade e comprometimento, para que a população seja beneficiada cada vez mais com os resultados deste planejamento”, destaca o gerente de tecnologia da informação, Rafael Gomes.

Tecnologia

A pandemia trouxe à tona uma importante demanda que é a necessidade de inclusão digital e acesso a tecnologias. Nesta linha, Ouro Preto passará a ter agora uma rede de Wi-fi público contemplando diversas praças da sede, distritos e localidades do município. Além disso, todos os esforços que já foram implantados no município nos últimos anos, como a disponibilização de internet de alta qualidade em todas as escolas/creches e postos de saúde, serão agora atendidos por uma infraestrutura ainda mais robusta e com garantia de funcionamento por 25 anos. Um novo anel de fibra óptica será construído, complementando o projeto já existente e ainda os serviços públicos receberão um novo link de internet 3 vezes maior que o atual contratado.

Segurança

O projeto prevê a instalação de mais de 30 pontos de câmeras segurança em vários bairros e distritos, o que complementará o atual sistema que a prefeitura possui, incluindo ainda uma nova central de monitoramento. A nova tecnologia implantada será integrada ao sistema Helios da Polícia Militar de Minas Gerais, que é um software que captura, via câmeras de segurança, os caracteres das placas de veículos e os envia à central de monitoramento. A partir do momento em que um veículo suspeito passa pelos locais com videomonitoramento, um sinal de alerta é emitido e indica a localização geográfica e o sentido do deslocamento, o que auxilia no cerco e bloqueio do suspeito. O sistema também faz o alerta em tempo real de veículos que estejam sinalizados como roubado.

Ações planejadas, resultados conquistados

Ouro Preto é o segundo município brasileiro a receber uma PPP desta natureza, que integra soluções tecnológicas e garante melhorias na prestação dos serviços com economia aos cofres públicos. Todo este trabalho de modernização da Prefeitura de Ouro Preto começou a ser desenvolvido em 2017 e, desde então, a cidade vem conquistando diversos resultados positivos, principalmente quando relacionados a uma gestão dinâmica, moderna, transparente e eficiente. Exemplo disto é o reconhecimento a nível nacional em diversos eixos, como: 6ª cidade mais transparente de Minas Gerais (superando grandes centros), finalista nacional do Prêmio Otimiza de Gestão Eficiente, 92ª no ranking de Cidade Inteligente do Brasil, destaque nacional em Gestão do Turismo, dentre outros.

 

 

Alerta Meteorológico

Estado de alerta
 
 
  
 
saiba mais

Receba notícias da Prefeitura

×