Artesanato, música, gastronomia, oficinas e brincadeiras agitam o Paço da Misericórdia, na Semana da Criança


A programação contempla públicos de todas as idades

Ouvir conteúdo
Por VICTOR STUTZ.em 09/10/2019

Imagem: Ane Souz

O Paço da Misericórdia - Centro de Artes e Fazeres de Ouro Preto, espaço criado para sediar e interagir com projetos de fomento ao turismo e à economia local, realiza de 10 a 13 de outubro, das 10h00 às 18h00, o “Coletivo de Artesãos do Paço”, evento que contará com a participação de 60 produtores de artesanato e várias outras atrações.

A iniciativa partiu de um grupo formado por associações e artesãos individuais que desenvolvem seus produtos com base na Economia Solidária. Desde julho deste ano, em parceria com a UFOP e a Prefeitura Municipal, o grupo vem mostrando seus trabalhos em feiras e outros eventos.

O “Coletivo de Artesãos do Paço” contará com uma programação cultural e de lazer bastante extensa para públicos de todas as idades. Pratos típicos serão servidos pela conhecida equipe do Bar da Nida e haverá shows musicais com Willer Bontempo, Felipe Menezes e Vicente Gomes.

Dentro do Coletivo, a criançada poderá divertir com as oficinas que serão oferecidas pelo projeto de extensão da Pró-Reitoria de Extensão da UFOP (Proex) - Plataforma Campus Aberto e o Carro Biblioteca. Segundo Greiciana Pertence, assessora da Proex, serão oferecidas várias oficinas, como: pintura com guache, jogos, brincadeiras, pintura facial, colagem, modelagem e contação de estórias. Alunos das Escolas Municipais Padre Carmélio e Adhalmir Maia e do Centro Educacional de Ouro Preto (CEOP) já confirmaram a presença.

Para Zaqueu Astoni, secretário de Cultura e Patrimônio, a iniciativa do Coletivo de Artesãos demonstra que o Paço da Misericórdia caminha para assumir efetivamente sua função de centralizar as ações relacionadas ao artesanato e às artes em Ouro Preto, “compondo o grande complexo cultural na entrada da cidade, juntamente com o Museu Boulieu – Caminhos da Fé, no antigo asilo que integra o conjunto, e o Horto dos Contos, que em breve será reativado pela Prefeitura”.

Sobre o evento deste fim de semana, o secretário de Turismo, Indústria e Comércio, Felipe Guerra explica que são várias associações iniciando o processo de ocupação do Paço da Misericórdia, e em breve, com a transferência das secretarias ali instaladas para outros locais, o conjunto deverá se tornar, enfim, o grande centro cultural para o qual foi planejado, “assumindo efetivamente sua função de centralizar a produção do artesanato e das artes de Ouro Preto, incentivando o turismo e a economia local”.

Para a presidente da Associação Campoart e vice presidente do Conselho Consultivo do Paço da Misericórdia, Sarah Evelyn Macfadem, o Centro de Artes e Fazeres de Ouro Preto “cumpre assim seu papel social”, proporcionando a oportunidade de encontro de diversas linguagens artísticas: “Estamos ocupando nosso espaço de direito”, reforça a vice presidente do Paço, que também é artesã.

A turismóloga e artesã Judith Andrade, que atua diretamente na coordenação das ações do Coletivo, explica que qualquer um pode integrar o grupo, desde que seja artesão e frequente assiduamente as reuniões. Sobre as ações do grupo ela destaca com orgulho o trabalho de aproximação com a comunidade que é realizado.

O “Coletivo de Artesãos do Paço”, que acontece de 10 a 13 de outubro, das 10h00 às 18h00, no Paço Da Misericórdia – Centro de Artes e Fazeres de Ouro Preto (R. Padre Rolim, 344, Centro) é aberto a toda comunidade.

Alerta Meteorológico

Estado de atenção
 
  
 
 
saiba mais

Receba notícias da Prefeitura

×