Santo Antônio do Salto

Entre os vestígios físicos remanescentes dos primórdios do povoamento minerador no atual distrito de Santo Antônio do Salto, cumpre destacar a paragem denominada Fundão da Cintra, com graciosa capelinha ainda existente. Esta paragem situava-se às margens de um antigo caminho de abastecimento, rota secular de tropeiros que negociavam nas fazendas e vendas da região.
Confina o atual distrito com o município de Mariana em cujas terras, do outro lado da imponente serra, nasceu o poeta inconfidente Cláudio Manuel da Costa. Corre interessante lenda local que o menino Cláudio teria sido batizado na capelinha do Fundão da Cintra. A verdade é que um caminho tortuoso e íngreme ligava as fazendas marianenses ao Salto, não sendo improvável visitas freqüentes da ilustre família Costa.
O arruamento antigo do distrito se concretizou em torno da pequenina Capela de Santo Antônio (hoje destruída). Outras vertentes da expansão urbana se insinuaram timidamente às margens de velhos caminhos.

Alerta Meteorológico

Estado de atenção
saiba mais
 
  
 
 

Clima da cidade

Receba notícias da Prefeitura

×