Festa da Goiaba marca 10 anos do registro da produção doceira local como patrimônio imaterial
Em 10/04/2018


O distrito de São Bartolomeu recebe nos próximos dias 13, 14 e 15 de abril a 22º edição da Festa da Goiaba. O evento foi revitalizado na época de elaboração do dossiê de registro da Produção de Doces Artesanais de São Bartolomeu como patrimônio imaterial de Ouro Preto e desde então tem ocorrido de forma ininterrupta, sendo o principal evento local para divulgação e celebração da produção doceira.

A produção de doces artesanais do distrito foi o primeiro bem cultural registrado como patrimônio imaterial no Município de Ouro Preto, em 2008. Esse ano, ao comemorar 10 anos do registro, estão também sendo elaborados os estudos que visam a revalidação do reconhecimento como patrimônio imaterial. Dentro desse processo, foi elaborada uma nova versão do selo identificativo de Patrimônio Imaterial que faz menção aos 10 anos de reconhecimento do bem e à celebração de 2018 como Ano do Patrimônio Cultural em Ouro Preto.

Em parceria com a TV UFOP, a Secretaria de Cultura e Patrimônio está também realizando um novo vídeo documentário sobre a produção doceira, com o título “Mais que doce”. O material audiovisual pretende fazer parte do processo de revalidação do título de patrimônio imaterial e divulgar o trabalho das doceiras e doceiros, mostrando as relações afetivas por trás da produção de doces que é sustento, trabalho, negócio, tradição e laço social.

 

Confira a programação da Festa da Goiaba 2018 no folder

Álbum de fotos

Alerta Meteorológico

Estado de observação
saiba mais
  
 
 
 

Receba notícias da Prefeitura

×